As grandes empresas cooperam com o GNU/Linux

Publicado: 3 de abril de 2008 em GNU/LINUX

A Linux Foundation acabou de liberar um novo relatório sobre o desenvolvimento do Linux, intitulado: “Desenvolvimento do Kernel Linux: o quão rápido e como está indo, o que eles têm feito, e quem financia”. O estudo foi feito com base nos últimos três anos do desenvolvimento do kernel Linux – abrangendo desde a versão 2.6.11 até a versão 2.6.24 – e revela que a maior parte dos desenvolvedores do kernel Linux são pagos por grandes companhias como IBM, Intel, Linux Foundation, MIPS Technology, MontaVista, Movial, NetApp, Novell e Red Hat.

Ao longo dos anos, o número de desenvolvedores do Linux tem crescido consideravelmente. Pela análise, o último kernel (2.6.24) teve 1.057 desenvolvedores registrados. O estudo informa que entre 70 e 95 por cento dos desenvolvedores pagos para trabalhar com o Linux nos últimos três anos, são funcionários dessas empresas. Mostra também que, atualmente, a relação das grandes empresas com o Linux é muito estreita. Os investimentos em Código Aberto, portanto, estão diretamente relacionados ao modus operandi dessas empresas e já incorporados à “corrida armamentista” do mundo dos

Fonte 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s